INETE na Mostra da Ciência e Jovens Cientistas

7 alunos do Curso de TEAC - Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando do INETE, vão participar com Projetos e Posters na Mostra da Ciência e Jovens Cientistas, na Alfândega do Porto de 31 de Maio a 2 de Junho de 2018.

 

Conheça os projetos:

O projeto Braille Teacher, foi desenvolvido por alunos do Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando do INETE para o Concurso Jovens Cientistas e Investigadores 2018. Tem por objetivo revolucionar o campo dos processos aquisitivos e educativos dos portadores de deficiências visuais, facilitando o seu acesso à auto-aprendizagem do alfabeto braile. A partir de componentes eletrónicos de baixo custo totalmente integrados, permite novos desafios de aprendizagem de modo a excluir limites de acesso aos recursos disponíveis, sendo muitas vezes inatingíveis (instituições e escolas). Pode ser utilizado também, por qualquer pessoa que pretenda aprender o alfabeto braile. Desenvolveu-se um dispositivo que permita que um invisual faça auto-aprendizagem do alfabeto braile. Assim, o dispositivo possui sete botões (seis usados para o sistema braile e um botão para alterar entre Português e Inglês, para oralmente ser ouvido através da APP) onde o utilizador pode carregar para através de toque escrever uma letra (em braile) e consequentemente uma palavra.

O projeto Chaotic System Controlled by Android APP based on Arduino , foi desenvolvido por alunos do Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando do INETE para o Concurso Jovens Cientistas e Investigadores 2018. A plataforma didática apresentada neste trabalho mostra por meio de efeitos de leds (variação da luminosidade) a geração de números resultante das equações do modelo logístico. Possibilita uma melhor compreensão das noções fundamentais de sistemas dinâmicos não-lineares (periodicidade, caos e bifurcação). Foi desenvolvido um método para estimar a propagação de erros em simulações, em que a perda de precisão é mostrada em cada iteração. A inserção de dados é feita por meio de uma aplicação (APP), através de comunicações sem fios e utilizando a rede bluetooth com o protótipo didático, permite alterar os parâmetros de simulação remotamente.

O projeto Geração da Sequência de Fibonacci a 32 bits, foi desenvolvido por alunos do Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando do INETE para o Concurso Jovens Cientistas e Investigadores 2018. Este projeto tem como objetivo demonstrar a possibilidade de se gerar a sequência de Fibonacci utilizando circuitos eletrónicos. A sequência de Fibonacci é um padrão numérico que pode aparecer em vários elementos da natureza. Sabendo o padrão conseguimos transformar esse padrão num algoritmo recursivo que o represente e se o replicarmos infinitas vezes, conseguimos gerar a sequência de Fibonacci até infinito. Neste projeto estamos a gerar a sequência de números até 32 bits (0-4294967296 decimal).

Este projeto permitiu explorar de uma forma mais detalhada a sequência de Fibonacci, bem como o seu algoritmo. Permitiu também verificar a convergência para o número de ouro, se por exemplo observarmos os dois últimos números da sequência de Fibonacci (a 32 bits) que geramos através deste trabalho, verificamos que 1836311903/1134903170=1.618033989, conseguindo-se chegar ao número de ouro com 9 casas decimais. 

O projecto Wireless System for Storing Objects, foi desenvolvido por alunos do Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando do INETE para o Concurso Jovens Cientistas e Investigadores 2018.Tem por objetivo possibilitar o deslocamento de objectos com uma dimensão de 35x35x9cm, sem se ter a necessidade de tocar nos mesmos, ou seja, consegue-se deslocar objetos na horizontal de uma forma mais rápida ou mais lenta, através de uma comunicação sem fios – rede Bluetooth (2.4 GHz). Assim, desenvolveu-se um dispositivo que permita que qualquer pessoa possa movimentar na horizontal um objeto sem lhe tocar, podendo este, por exemplo, estar num local de difícil acesso ou que para lhe aceder surja a necessidade de escadas e afins.